Etiquetas

, , , , , ,

Amigos x Destino x Amizades

Você é minha melhor amiga. Somos amigas para sempre. Você é minha alma gêmea. Você está em primeiro lugar na minha lista de amigos e prioridades. Você é especial. Você é a única pessoa que me conhece. Sua amizade é insubstituível. Blá blá blá.

Para quantas pessoas você já disse isso?

E quantas disseram isso para você?

Eu pensei, pensei e juro, pensei muito. Pensei em não escrever sobre isso e nem tentar decifrar essa confusão na minha mente e meus conflitos particulares.

Mas, sim não existe isso de para sempre. Porque enjoa. Porque é chato. Porque irrita. Porque é na hora que você vai precisar que o alguém não poderá estar lá para você e ai, você achará que era para sempre, mais que a pessoa te virou as costas e vai indo por aí. Vai acontecendo as vezes com mais e mais frequência e tem uma hora que você também já não importa-se mais com aquela irmandade.

Ás vezes aqueles amigos que consideramos irmãos, que não fazemos nada sem eles, mas, que de repente nossos destinos deixam de se cruzar parece que também em nossos corações as coisas mudam.

Um dia ao acordar, você vê que sua vida não vai ser mais como era na hora em que você foi dormir. E você pensa que aquele amigo irmão, que o destino tirou da sua vida estará ao seu lado segurando sua mão enquanto você olha pela última vez para sua mãe. Mas não, a pessoa não está lá para você pela segunda vez. E você perdoou a primeira vez. Mas agora, não é questão de perdão. São as escolhas que fazemos. E se fosse ao contrário eu estaria lá para você.

Em certas ocasiões nossa vida e nosso mundo estão desequilibrados e pensamos em mudar de casa, de vida, de amigos ou do que podemos considerar o mais fácil de emprego. E deparamo-nos com as amizades de novo e temos medo de desistir do emprego, porque achamos que com isso, desistimos de nossos amigos de mais de cinco anos e sabemos que fora desse mundo de todos os dias juntos tudo mudará, não será mais risadas pelos mesmos motivos ou entender tudo com um simples trocar de olhares. Sabemos que mudará mais temos medo de aceitar esse fato. Mas tem um dia que você não sabe o que escolher na sua vida e simplesmente decide sim sair desse emprego, de qualquer maneira, essas pessoas que você considera especiais te passam a confiança do para sempre.
Por alguma razão, sua ou dessas pessoas especiais às amizades mudam. E você ás vezes quando os encontra não sabe bem como agir ou o que dizer.

O que concluir sobre isso e meus devaneios? Não sei ainda, não quero magoar as pessoas, mas,também não me importo muito se acontecer isso, a culpa nunca é apenas de uma pessoa. Às vezes me afasto um pouco e me sinto bem com isso. Me sinto perdida.

Anúncios